sábado, 11 de julho de 2009

Penultima carta

Mando dizer que não posso voltar
Se voltar é sofrer,
fico longe de você
Aqui está tudo bem, uma vaca morreu
Mas para não mudar de assunto
não fique preocupado
Estou com saudade do nosso tronco no quintal, lembra?
Foi uma pena tudo acabar assim...
Você com raiva de mim
E eu aqui isolada chupando limão na calçada
sem poder pensar em nada
a não ser no que passou.

Como vai o coração? Ainda dói?

Sim ou não?
Não se esqueça de escrever
e também mande uma foto
Pois eu é que não posso
Já dei duas a você...
Não fique bravo comigo
Penso em você como amigo
e não quero te perder

Mary Tose

Nenhum comentário:

Postar um comentário